Como perder peso sem prejudicar a saúde?

Qualquer mulher sonha em ser magra e em forma – uma figura bonita não apenas atrai olhares de admiração dos outros, mas também é um sinal de boa saúde. Alguém se livrar de quilos extras facilmente, e alguém sofre há anos, tentando dezenas de maneiras de perder peso, mas não consegue alcançar o resultado desejado. E o mais desagradável nessa história são os efeitos colaterais das dietas de alta velocidade, drogas questionáveis ​​e ganho repentino de peso. Não é segredo para ninguém que, no desejo de ser magro, você pode irremediavelmente estragar sua saúde. Como perder peso sem prejudicar a saúde?

Pílulas dietéticas Em busca da beleza, estamos prontos para muito – por exemplo, para dar dinheiro louco e arriscar a nossa saúde, tentando várias pílulas e medicamentos para perda de peso. Na verdade, não existem pílulas milagrosas a partir das quais você pode acordar de manhã e ficar assim para sempre. Todas as drogas existentes têm um efeito de curto prazo e muitos efeitos colaterais. Muitos deles são uma mistura comum de laxantes com um diurético, trazendo fluido para fora do corpo, o que cria a aparência de uma perda de peso acentuada de vários quilos. Mas então o processo pára – dando o excesso de água, o corpo começa a resistir à desidratação.

Outro grupo de drogas atua nos centros cerebrais e tem um efeito semelhante ao das anfetaminas – uma pessoa fica alerta, se movimenta constantemente, queima muitas calorias e perde peso. Nesse caso, os efeitos colaterais são o esgotamento físico e psicológico e a probabilidade de se viciar na droga. O terceiro grupo atua no trato gastrointestinal, criando uma sensação enganosa de plenitude, bloqueando determinadas funções. Isso é repleto de órgãos prejudicados; Além disso, depois que a droga é interrompida, juntamente com as funções, o apetite perdido retorna para a pessoa e o corpo começa a se recuperar. Claro, existem mulheres que são ajudadas por pílulas de dieta, e nem todas as drogas são mortais. Alguns deles são inofensivos – mas, ao mesmo tempo, são inúteis. A maioria das drogas não ajuda em nada, ou causa sérios problemas de saúde. Então, é melhor não arriscar. E se você ainda decidir experimentar, não se esqueça de consultar um médico!

Esta entrada foi publicada em Blogging. Adicione o link permanente aos seus favoritos.